terça-feira, 19 de setembro de 2017

Comentários de 'Interestellar'

O filme 'Interestelar' é bom não apenas pelo rigor científico que permeia a maior parte da película, mas por tratar de grandes questões como sobrevivência e evolução, de um futuro onde a humanidade foi capaz de deter uma ciência que não apenas lida passivamente com eventos astronômicos, mas transcende as dimensões conhecidas. Sobretudo o que fica implícito na obra de Cristopher Nolan é que o ser humano num futuro noutra galáxia desenvolveu uma tecnologia capaz de criar eventos astronômicos e físicos como ter sido capaz de, supostamente, programar o próprio cérebro humano nos aspectos de sobrevivência e amor, ou seja, o ser humano tornou-se seu próprio criador e deus ao ser capaz de criar a si próprio no passado distante. Já havia pensado nessa tentadora possibilidade anos atrás mas esta fora a primeira vez que a vi implícita num filme com tanto zelo.

Além de dar um passo especulativo além do que sabemos na ciência atual, o filme aparenta ter algumas pequenas falhas como a onda gigante num planeta com 130% da gravidade da Terra. Mas as referências aos físicos consultados estão lá como Kipp Thorne através do robô desativado. O filme é uma obra de arte consumada.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Fotos Minha em Publicação Mensal

A primeira edição da revista Aspas Dupla estreou esse mês e publicou duas fotos de minha autoria em suas páginas, para ilustrar uma poesia e um conto. A revista conta com um belo design e diagramação é tem um conteúdo de primeira, veja as páginas da publicação! Os autores publicados foram selecionados num concurso, clique nas imagens para ver ampliado!







segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Fotos de Praia Seca

Abaixo uma sequência de fotos tirada em Praia Seca, Araruama, na segunda-feira dia 7 de agosto de 2017, com meu primo Elias Marcos Machado. Clique nas imagens para ampliar.
















O que Faria se Fosse Político

Ao longo da história poucos os que subiram ao poder e fizeram algo decente sobrevivendo para contar. Por isso igualmente tenho motivos para ser odiado por quem não presta (apenas eles se levantam contra mim), pois a bandeira da honestidade raramente hasteada com sinceridade permaneceu. Podemos observar hoje como mesmo as leis criadas parecem referir-se a algo especifico quando poderiam ser mais abrangente ao colocar no mesmo saco similares, um exemplo é a lei antiterrorismo que numa base eleitoral simples colocaria como a descrita abaixo assim como as demais propostas que se fossem feitas muita coisa no mundo seria melhor para quem importa, o povo e as vítimas disso. Abaixo destilo um simples motivo pelo qual nunca subirei ao poder, e se subir certamente darão cabo de mim.

- Criar uma lei única de discriminação, seja racial, de orientação sexual ou religiosa que agrave as penalidades, e proibir quaisquer ideologias que preguem a desigualdade, ódio e discriminação.
- Proibir qualquer tipo de lobby ou bancada na política.
- Tornar a Operação Lava Jato permanente e garantir a imparcialidade na ausência de quaisquer influências partidárias ou de organizações.
- Tipificar como crime a zoofilia e canibalismo.
- Proibir quaisquer organizações sem transparência de reuniões em portas fechadas.
- Criar lei de conspiração associada a de formação de quadrilha.
- Maior rigor aos crimes contra animais tipificando não como ambiental ou posse.
- Fiscalização regular por impostos de qualquer organização e instituição de grande porte.
- Fiscalizar igrejas e garantir o retorno das ofertas as igrejas e obras sociais.
- Estabelecer uma reforma política completa que abaixe o salário dos políticos tirando mordomias.
- Refazer as reformas da previdência favorecendo o povo e com maior rigor as classes alta.
- Liberar o uso controlado e terapêutico de maconha.
- Proibir a prostituição.
- Tornar hediondo crimes sexuais, de corrupção e escravidão.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Henry Kissenger: Um lendário Sociopata no Poder

Quando grandes sociopatas tomam o poder sempre vidas de inocentes são ceifadas e destroídas, esse é o caso de um notório corrupto como Henry Kissenger, um dos mais lendários sociopatas do poder nos Estados Unidos e acusado de genocídio por cortes internacionais. Sendo principal aliado de Nixon esse homem certamente deveria ser cúmplice dos casos de corrupção que desembocaram no Watergate. Ganhou um controvérsio prêmio nobel de 1973 quando na realidade fora responsável pela morte de milhares de inocentes em bombardeios a civis no Vietnã. O prêmio fora recusado por Lê Ðec The por estes motivos, mas recebido com todo orgulho pelo próprio. Sob acusações de crimes de guerra a entrada dele em vários países da Europa não é preterida por ser procurado por estes crimes em cortes dessas nações.

Nas décadas seguintes serviu como conselheiro de desastrosos governos culminando como principal responsável pelas investigações do 11/9, atentando com enormes suspeitas do conhecimento de autoridades e que levou apenas a uma guerra falsamente justificada em provas inexistentes como desculpas para buscar petróleo. Seja por incompetência ou pura e simples corrupção suas investigações sobre o WTC é questionada por uma associação de famílias das vítimas, de bombeiros e policiais por nunca ter sido feito real justiça ante visíveis ocultações de provas.

Membro de elite, é frente presidente dos Bildenbergs, clube fechado que sofre enormes críticas de jornalistas e cientistas políticos de todo mundo por sua ausência de transparência num claro indício de conluio de alta ordem, ainda que realizado longe dos holofotes da imprensa. Não há dúvidas do mal que representa esse monstro insensível a vida alheia, uma múmia que nunca deveria ser enterrada mas exposta no museu dos horrores humanos ao lado de Hitler e outros. Um modelo de sociopata corrupto e sanguinário único. Sabe-se lá quantos mais esse sociopata matou e destruiu a seu bel prazer, espero que não seja mais um em sua lista de sadismo.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

O estado da cristandade hoje

Achar uma igreja onde a sã doutrina seja praticada a rigor e o verdadeiro Cristo louvado é  tão raro quanto ver OVNIs, as vezes você acha que viu mas era apenas um balão. Nunca aceitarei que o templo de Deus seja um lugar de inveja, ganância, ódio, luxúria e discriminação, é como falar de cristianismo sem Cristo. Não entendo por qual motivo alguns são tão obedientes ao diabo, no inferno não terá hotel de luxo.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

A "Superioridade" da maldade

De nada adianta aprender sempre e chegar a verdade alguma quando alguém sem instrução sabe ainda discernir o certo de errado sem a confusão de determinas crenças. Não aceito ter certezas e crenças baseadas no instinto o qual não se precisa pensar e que levam apenas a discriminação e sofismas amébicos, procuro manter a mente afiada através de um constante senso crítico ao contrário da letargia o qual se quer cogita-se pensar. para se dizer inteligente. O discernimento de uma argumentação é a chave coisa que nunca terão. Seria como não discernir privacidade de segredo, ora ir ao banheiro TODOS vão e todos sabem o que se faz lá dentro pois todos fazem. Isso é privacidade, mas segredo é aquilo o qual você apenas suspeita o que seja e que questiona que seja algo mal para necessitar que nunca seja dito abertamente a todos em praça pública. 
Para isto não é se quer necessário inteligência, o problema é a ausência de uso do cérebro. Algo que necessita tão desesperadamente se afirmar como superior e inteligente não cai nessas simplórias armadilhas da razão, mas como aspie peço perdão por não ser capaz de compreender o simplório argumento inerente aos instintos acríticos da discriminação, inveja, ódio, ganância e luxúria. A maldade nunca será algo inteligente, nunca, quanto mais quando confundem argumentação com ofensa e coação. Abramos a mente para a diferença, não acepção da discriminação.
Algo assim tão tenebroso me dá tique nervoso, dor de estômago, náuseas e depressão, efeito contrário do que me estimula intelectualmente e me leva a reflexão. Mas é a ignorância intelectual e comportamental sempre dá conflito com o que lhe é melhor, não suporta, tolera, não compreende, eis o princípio da discriminação. Para criar teorias como eu crio é preciso inteligência, mas para vomitar agressões, ofensas e ameaças até analfabeto é capaz. 
Os que me acusam são os que mais erram, pregam o merecimento por sofrimento, mas quero ver passar décadas de isolamento, segregação e exclusão sob infindáveis tormentas de humilhação, coação e ameaça. Passe primeiro por isso e depois me digam se é bom, mas não, os que isso contradizem é pq são os mesmos que o fazem em minha vida. Minha revolta é a mais viva forma e expressão de inconformação com injustiças, por isso não me calo como sinônimo de aceitação.
Pregam absurdos da exploração e escravidão, mas se acham mais merecedores, dignos, superiores que as vítimas deixadas em seu caminho de destruição, pois como tudo que destrói apenas faz sujeira. Esse meandro da degeneração humana e sua decadência moral se esconde em segredo, se escora nem em argumentos, mas coação vomitando sofismas a exaustão. É sustentando no medo, na desigualdade e covardia, em sua mente doentia o opressor é mais merecedor que sua vítima. Em suas doutrinas fomentadas na mentira e provocadoras de problemas e acidentes não existe bondade sem equivalente mal porque nunca será inteiramente bom.
Promovem porcarias como a prostituição. A prostituição que move o mercado do sexo e tráfico de pessoas é responsável por levar dezenas de latinas, russas e ucranianas a serem exploradas na Europa ao serem enganadas em viagens, quando não sequestradas em tráfico de pessoas. É desumanizador, alegar que é algo certo apenas pelo motivo de ser a coisa mais antiga do mundo não justifica-se, tem a mesma idade do machismo que a criou, velho, antiquado e retrógrado, não é apenas pq está no primeiro mundo que significa que é bom.
Procuro negar esses parasitas sexuais que reproduzem os problemas sociais que passaram como justificativa para suas atrocidades. Ditam que sejamos o que ele ordenam, mas querem nos culpar pelo que fazemos quando nem é errado, lutar contra essa moléstia é minha única motivação.